Inadimplência elevada prejudica o consumo e o ambiente de negócios
6 de março de 2023
Instituição da Declaração de Dados de Obras de Construção Civil (DDOC)
17 de março de 2023
Exibir tudo

Imposto de Renda 2023

Tempo de leitura: 06 minutos

Começa hoje (15/03), o período para envio da Declaração de IR.

Começa nesta quarta-feira (15/03), o período para o envio da Declaração de IR 2023. Excepcionalmente este ano, a RFB ampliou o prazo até o dia 31 de maio.

Segundo Ananias Rebouças Brito, presidente da Associação dos Contabilistas do Estado de Ceará – Acontece, “geralmente, a apresentação da declaração se iniciava no começo de março e se estendia até o final de abril. Todavia, nos últimos anos, ocorreram prorrogações no prazo final por conta da pandemia de Covid-19.”

De acordo com a RFB, a mudança no prazo em 2023 deve-se à necessidade de um prazo maior para consolidação dos dados em virtude da utilização da declaração pré-preenchida.

“A declaração pré-preenchida é uma ferramenta para auxílio do preenchimento da DIRPF 2023 pelo contribuinte, e contém informações extraídas diretamente de outras obrigações acessórias, como a DIRF e de outras declarações, como a DMED”, destacou Ananias Rebouças.

Ananias Rebouças destaca que uma grande novidade é que o contribuinte que utilizar a declaração pré-preenchida ou optar por receber a restituição via PIX terá prioridade no recebimento, após as já previstas em lei, caso tenha valor a restituir. Ele destaca ainda que, somente será aceita a chave PIX igual ao CPF do titular da declaração.

O primeiro lote de restituições do IR já será liberado no dia 31/05, seguido dos dias 30/06 (segundo lote), 31/07 (terceiro lote), 31/08 (quarto lote), e 29/09 (quinto e último lote).

O Presidente da Acontece chama atenção também a “Campanha Destinação”, que permite a qualquer cidadão que declara seu Imposto de Renda pelo modelo completo a enviar parte do imposto para ajudar e incentivar projetos sociais e culturais. Ele reforça a importância do cumprimento do prazo estabelecido pela RFB, para que o contribuinte evite problemas junto ao fisco, bem como a retenção da declaração em malha fina.



.









Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, posso ajudar?