Como está a saúde de sua empresa?
17 de agosto de 2022
Receita regulamenta novas regras da transação tributária
30 de agosto de 2022
Exibir tudo

Balancete e Balanço Patrimonial

Tempo de leitura: 09 minutos


Para um bom planejamento estratégico e financeiro de uma empresa, é necessário lançar mão em alguns documentos que podem revelar muito do desempenho da sua empresa, tais como o balanço e o balancete.

Conheça, agora, a diferença entre balanço e balancete e o porquê que analisá-los periodicamente pode ser uma chance única de melhorar seus resultados financeiros!

O que é balanço patrimonial?


O balanço patrimonial é um tipo de relatório elaborado pela contabilidade de uma empresa, em que, de acordo com todas as movimentações financeiras realizadas em um período, se apresentam os saldos apurados. Esse documento é elaborado utilizando os registros de fatos contábeis que devem ser anotados no livro-diário da empresa. Lá está consolidada, portanto, toda a história financeira de um negócio e o balanço serve, por fim, para demonstrá-la.

O documento é essencial para que a empresa tenha ciência da situação do seu patrimônio, que é, em absoluto, tudo o que ela tem e tudo aquilo que ela deve. Através dele, também é possível resgatar os registros de investimentos realizados, seus rendimentos e, ainda, a origem dos recursos que a empresa utiliza para se manter ativa e com suas contas em ordem.

Por conta de tantas especificidades, o balanço é um documento essencial para que a empresa possa criar e também para que possa realizar seu planejamento financeiro.

Diferença entre balanço e faturamento


A diferença entre balanço e faturamento leva em consideração as fontes de receita, os investimentos, o que se ganha e o que se deve, o faturamento analisa o que, de fato, a empresa gerou em termos de receita através de sua atividade em um período. Portanto, enquanto um documento serve para observar a margem de operação financeira de uma empresa, o outro serve para analisar exatamente o que a empresa ganhou através daquilo que ela comercializa, seja produto, seja serviço. Os dois documentos têm funções complementares e são realmente necessários para que uma empresa possa se organizar e se planejar financeiramente.

Diferença entre balanço e DRE

A diferença entre o balanço e o DRE é de que o balanço tem por objetivo registrar e compilar as informações da evolução financeira de uma empresa no período de um ano, enquanto o DRE demonstra quais as relações entre receitas e despesas da empresa. Juntos, os dois documentos servem para que se tenha, efetivamente, uma posição apurada e realista da situação financeira de uma empresa.

O que é um balancete?


Um balancete é uma espécie de “amostra” dos resultados de uma empresa a curto prazo, enquanto o balanço é um documento oficial da empresa, que tem por objetivo registrar a sua movimentação financeira em um período – geralmente de um ano. Portanto, a diferença entre balanço e balancete se concentra a periodicidade em que cada um é realizado e, também, no tempo que a análise abrange. Para além de saber para o que serve cada um dos documentos, é fundamental que você saiba a diferença entre balanço e balancete para poder, também, traçar um plano estratégico junto à contabilidade do seu negócio.

Assim, você pode determinar de quanto em quanto tempo cada um dos documentos deve ser gerado e, de posse deles, investir em um melhor planejamento estratégico para o seu negócio.

Como é composto o balancete?


O balancete é composto essencialmente pelas seguintes informações:

Resultados de um período;
Saldo da data em que se inicia a apuração;
Valores que foram debitados da conta da empresa no período apurado;
Soma das entradas que a conta da empresa teve no período apurado;
Cálculo do saldo final das operações de entrada e saída no período apurado.
As informações podem se apresentar de formas diferentes, de forma que também se atenda às necessidades da empresa e, a forma consolidada de apresentação também pode ser notada como uma diferença entre balanço e balancete.

Quais são os tipos de balancetes?


Outra diferença entre balanço e balancete é o fato de que, no caso do segundo, haverem duas modalidades de confecção do documento: aberto e fechado. Enquanto o balancete aberto demonstra as contas patrimoniais da empresa e os seus resultados em um período de tempo que é, necessariamente, menor do que um ano, o balancete fechado só é criado ao fim, de fato, do ano, quando se encerram as contas e os resultados. Assim, o formato de apresentação dos documentos é diferente, uma vez que o tempo de apuração é diferente.

Qual a diferença entre balanço e balancete?

A diferença entre balanço e balancete se concentra na periodicidade, complexidade e tempo compreendido para a análise dos dados financeiros de uma empresa. No entanto, também pudemos ver, que, por fim, os dois documentos atendem à uma necessidade básica de toda empresa: saber, exatamente, como está a sua saúde financeira.


Quando se trata da diferença entre balanço e balancete é necessário compreender, antes de qualquer coisa, que os dois documentos são fundamentais para a empresa poder fazer seu planejamento estratégico e financeiro. Os dois documentos, no entanto, apresentam algumas diferenças em termos de periodicidade, complexidade e período abrangente.

Assim, podem ser entendidos como complementares, uma vez que o balancete é feito ao longo de um período, dando “amostras” do desempenho financeiro da empresa e o balanço é feito, necessariamente, ao fim de um ano contábil.

A Equipe Conmax está preparada para lhe ajudar, fale conosco!

Conheça a Conmax!



.









Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, posso ajudar?