fbpx
Microempreendedor: saiba mais sobre o eSocial
9 de outubro de 2018
Dicas para crescimento de empresas em 2019
14 de novembro de 2018
Exibir tudo

Quatro dicas infalíveis de Gestão Financeira

Dentre outras coisas, a melhor maneira de fazer sua empresa crescer é tendo uma boa gestão financeira. Ela serve para projetar as receitas e despesas, com a finalidade de indicar a saúde econômica dos seus negócios. Ao realizá-la, você terá uma projeção clara de quanto você pretende faturar, gastar, investir e lucrar, podendo assim planejar a otimização dos seus recursos.

Pensando nisso, elaboramos algumas dicas básicas para quem está precisando organizar a gestão financeira de sua empresa!

1- Conheça a fundo a situação de sua empresa

Alguns fatores são imprescindíveis para levantar informações sobre sua empresa. O ideal é fazer uma análise SWOT, que é uma ferramenta amplamente utilizada. Por meio dela, é possível fazer uma análise das forças, fraquezas, riscos e oportunidades.
Com base nessas informações, é possível avaliar o posicionamento de sua empresa no mercado e onde ela pode chegar, além de ter um planejamento para mitigar ameaças que possam botar em risco o seu negócio.

2- Tenha as informações financeiras de sua empresa em um único local organizado.

Seja em um sistema ou em uma planilha, essas informações precisam ser organizadas de maneira que ajudem o empresário a tomar as decisões corretas. Construa os Demonstrativos Financeiros que lhe darão uma visão situação financeira anual, o Demonstrativo de Resultados e o Balanço Patrimonial.

Com esses documentos, será possível avaliar se está sendo muito agressivo em determinado período do ano, se as metas parecem realistas, se poderia otimizar algum gasto, aumentar sua receita, etc. Caso você não tenha tanta familiaridade com o universo das finanças, o ideal é contratar um serviço de Contabilidade para ajudar!

3- Projete cenários realistas

Infelizmente, nem sempre o planejamento ocorre como o esperado. O mercado muda, o comportamento do consumidor muda, mas nós podemos eliminar as variáveis tentando prever três tipos de cenários: um pessimista, um realista e um otimista. Para cada cenário, um planejamento financeiro deve ser desenhado com cautela e buscando sempre as melhores opções.

4- Planejamento e ação!

Não adianta nada planejar, fazer documentos e não traçar um plano de ação para alcançar uma boa gestão financeira. A prova disso é que muitas empresas contratam consultorias para fazer seus planejamentos estratégicos, mas estes acabam engavetados.

Mapeie ações necessárias para que as informações registradas se tornem realidade, criando um cronograma realista dessas ações. Após isso, divida tarefas conforme as responsabilidades e competências de sua equipe. Mas atenção: é importante eleger pessoas para monitorar cada parte desse processo, onde cada ação deve ser documentada para que possam ser avaliadas futuramente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *